Companheiro Zé 200, presente!

Escrito por Resistência Camponesa
Publicado em 08/05/2008
Categoria: Edição nº 15
No dia 14 de maio de 2007, faleceu o companheiro José Vieira de Oliveira, da Área Gonçalo (Theobroma), onde era conhecido com Zé 200.

José tinha apenas 42 anos. Ele nasceu em Jaurú (Mato Grosso) e chegou em Rondônia 26 anos atrás. Ele era camponês e trabalhou muitos anos de diária e empreita em fazendas no Mato Grosso, Acre, Amazonas e Rondônia. Quando ele conheceu o acampamento Gonçalo abraçou com força a luta camponesa por um pedaço de terra.

Em pouco tempo se tornou um dos coordenadores da Área. Ele era calmo, amigo, respeitador. José não pensava só nele, dizia que antes de morrer queria ajudar os companheiros a tomar terra.

Ele deixou mãe, irmã, sobrinhos, deixou ainda parentes em outros estados e uma companheira que tinha na Área Gonçalo, com quem pretendia se casar, assim que pegasse o lote.

Já fazia algum tempo que o companheiro estava doente. Tratou-se por 6 meses em São Paulo, já de volta pegou malária várias vezes. Em três semanas antes de morrer ele piorou, esteve várias vezes em Jaru para consultar. Na última vez, quatro dias antes de morrer ele não consultou porque não tinha mais ficha.

A família e companheiros não tiveram nem o direito de saber a verdadeira causa e circunstância da morte do ente querido. Fatos estranhos mostram o descaso com o povo. O médico de Jaru não quis assinar o atestado de óbito, que foi assinado por um medico de Ouro Preto. No laudo ainda consta que ele morreu na estrada, a caminho de Jaru, mas familiares de José conversaram com duas enfermeiras que o atenderam no hospital municipal. Elas disseram que ele chegou vivo, foi medicado, mas não resistiu.

José teve o tratamento que o povo pobre tem por parte deste Estado opressor que só sabe sugar os impostos, o suor e sangue do trabalhador e o tratar como um cão. O caso do companheiro é mais um entre milhões pelos hospitais e postos de saúde de todos os cantos do país.

O jornal Resistência Camponesa presta humildemente uma última homenagem ao companheiro José de Oliveira, mais um filho do povo, pobre, trabalhador e lutador. Temos certeza que chegará um dia em que o sonho do companheiro será realizado e toda terra será entregue a quem nela trabalha.

 

   

Matérias da edição nº 20:

Editorial: O Brasil precisa é de uma grande Revolução

IMAGE
Passados seis meses de seu segundo mandato, Dilma/Lula/PT estão vendo cair por terra as máscaras que usaram para enganar o povo há mais de 20 anos. Fizeram tudo que disseram que não fariam: cortaram direitos trabalhistas como pensão, seguro desemprego e aposentadoria, reduziram o orçamento de educação e saúde. E como resultado, aprofundou a grave crise política e...
Companheiro Paulo Justino: presente na luta!

IMAGE
No dia 1º de maio, no distrito de Rio Pardo, mais um camponês foi covardemente assassinado. Paulo Justino Pereira era presidente de uma associação que lutava pelos direitos dos camponeses da região, principalmente terra para mais de 250 famílias despejadas há dois anos. Esta foi a principal reivindicação que ele apresentou numa reunião com Gercino José, o Ouvidor...
Camponeses fecham a BR e apontam necessidade de uma grande Revolução

IMAGE
Na madrugada do dia 9 de abril camponeses de diversas áreas organizados pela LCP fecharam a BR-364 em Jaru. O protesto foi contra os aumentos e medidas anti-povo decretados desde o início do ano pelo governo Dilma/PT e também exigiu regularização das áreas, energia elétrica, estradas e escolas. A manifestação também lembrou o dia 9 de abril como dia dos heróis do...
9 de Abril: DIA DOS HERÓIS DO POVO BRASILEIRO

IMAGE
9 de Abril: DIA DOS HERÓIS DO POVO BRASILEIRO Ari, Alcindo, Enio, Ercílio, José Marcondes, Nelci, Odilon, Maria Bonita, Oliveira, Jesus, Darli   1995 Honra e glória aos heróis do povo brasileiro!
Todos à celebração do 9 de agosto!

IMAGE
No dia 9 de agosto de 2015 completam-se 20 anos da heroica Batalha de Santa Elina, em Corumbiara. Nesse ano também se completam 5 anos da sua retomada e conquista. Depois de muita luta, hoje essas terras se encontram divididas em pequenos lotes onde centenas de famílias tiram seu sustento e movimentam o comércio da região. A LCP e os camponeses que retomaram estas terras,...
Juiz ordena despejo violento em Machadinho

IMAGE
No último dia 27 de maio, mais de 30 famílias foram despejadas do acampamento Cajueiro 1, localizado na fazenda Paredão, na RO-257, em Machadinho D’Oeste. Participaram da ação vergonhosa policiais da PM, GOE, do serviço de inteligência, da Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, fortemente armados, em várias viaturas e até num helicóptero. Os policiais obrigaram todos...
   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «