Nota de esclarecimento

Escrito por LCP do Nordeste
Publicado em 19/10/2012
Categoria: Notícias

No dia 16 de outubro de 2012, centenas de famílias fecharam a BR 101, no município de Messias, durante 3 horas em protesto contra as ameaças de despejo às famílias camponesas que lutam por terra e pelo direito a Moradia. Participaram trabalhadores de Messias, Capela e São Miguel dos Milagres. A manifestação foi extremamente exitosa, serviu para denunciar a situação destas famílias e para agendar uma reunião com os órgãos governamentais, ditos responsáveis, para o dia 19 de outubro.

Na edição do jornal Gazeta de Alagoas de 17 de outubro, na matéria que fez a cobertura do protesto, aparece as declarações do Sr. Tarcísio Barbosa, que se apresenta como liderança da área Che Guevara e do movimento Terra e Liberdade. O Sr. Tarcísio afirma que as famílias não aceitam a LIGA, por sermos “lideranças de fora”. O outros declaram que um clima de morte está rondando a área e que a Liga dos Camponeses Pobres estaria ameaçando pessoas no acampamento.

Em primeiro lugar, a LIGA não está ameaçando ninguém. Não temos nenhum problema com o movimento Terra Livre, com o qual temos boas relações em outros estados. Não queremos expulsar ninguém da área. Somos um movimento democrático, as famílias que quiserem seguir outro movimento tem toda liberdade para isto. Mas defenderemos, também, todas as famílias que levantam nossa bandeira vermelha, que são justamente as famílias mais pobres, que mais necessitam da moradia e que realmente vivem no acampamento.

Em segundo lugar, a LIGA não é um movimento de fora tanto que foi justamente a LIGA quem iniciou esta luta. O Sr. Tarcísio Barbosa este sim é um aproveitador. Procura utilizar a luta do povo em torno de objetivos eleitoreiros e politiqueiros. Enquanto a LIGA estava fechando a BR 101, Tarcisio e uns gatos pingados tentavam fazer um ato em apoio ao candidato derrotado à prefeitura de Messias. O Sr. Tarcísio Barbosa é conhecido, em sua cidade Murici, com Dezessete. Ele ganhou este apelido depois de ter ficado na última posição entre os candidatos a vereador, recebendo apenas 17 votos. Nem seus familiares votaram nele!

Como uma pessoa que nem a família confia pode liderar uma luta tão importante como a luta pela moradia em Messias? Na verdade, o Sr. Tarcísio Barbosa não é sem-teto. Ele já recebeu quatro lotes em União dos Palmares, em 2009 e vendeu todos eles. Agora quer fazer o mesmo em Messias, receber lotes para ele e seus amigos e vender logo em seguida. O Sr. Tarcísio Barbosa no lugar de liderar movimento sem-teto, deveria era liderar um movimento dos sem-votos!

Como um verdadeiro oportunista, puxa-saco dos poderosos, Tarcísio, no ato em apoio ao candidato a prefeito derrotado de Messias, afirmou que a LIGA é um movimento terrorista. Temos certeza que esta não é a opinião do movimento Terra Livre, que Tarcísio diz representar no estado de Alagoas. Pois esta é exatamente a acusação que os latifundiários mais reacionários lançam contra a LIGA para justificar os assassinatos, prisões e torturas praticados contra os camponeses no Brasil.

Por fim, reafirmamos nosso compromisso de lutar pelo direito a moradia das famílias da área Che Guevara. No final do ano passado, a LIGA apoiou o corte popular e a festa de entrega dos certificados. Lutaremos até o fim com as famílias camponesas na defesa da terra conquistada. Reafirmamos nossos princípios democráticos de que ninguém é dono do povo, ao contrário são as massas que fazem a história. O Terra Livre tem todo direito de representar as famílias que assim quiserem, mas exigimos também respeito a nosso movimento e às famílias que nos apóiam.

Terra para quem nela vive e trabalha!

Viva o corte popular!

Pelo direito a moradia!

 

LCP - Liga dos Camponeses Pobres do Nordeste

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «