Denúncia Urgente: Filho de latifundiário rouba gado do pai, e camponeses é que são presos!

Escrito por Comissão Nacional das Ligas de Camponeses Pobres
Publicado em 29/10/2012
Categoria: Notícias
Absurdo! Vergonha! E ainda falam que em nosso país têm justiça e democracia.

No dia 16 de outubro em Campina Verde, no Triângulo Mineiro, em torno de 7 homens, 4 mulheres 1 adolescente menor de 14 anos e 4 crianças menores de 10 anos de idade, que lutavam pela desapropriação, pelo INCRA, da Fazenda São José da Boa Vista, foram presos, obrigados a deitar com o rosto no chão, algemados e conduzidos à delegacia local.

O motivo? Não, não foi uma ação de reintegração de posse, mas sim uma ação para prender três acampados, cujo mandado de prisão preventiva fora expedido por um juiz local por suposto motivo de furto de gado. Esses camponeses, Wanderley de C. Pereira, Paulo Sérgio C. Medeiros e José Divino de Oliveira, foram identificados pelos motoristas de 4 caminhões que saíram da Fazenda levando cada um 20 cabeças de gado, como tendo ajudado a ajuntar e embarcar os animais.

Os caminhoneiros confessaram que haviam sido contratados, no começo da semana, pelo filho do “chiquitito”, que é o latifundiário “dono” da Fazenda e do gado. Os caminhoneiros pagaram fiança e estão soltos. O filho do “chiquitito” está solto, e os três camponeses estão presos e os outros acampados detidos por um dia inteiro, inclusive crianças! Foi preso também o camponês Robson de Souza, acusado de porte de arma!

Moral da história: os ladrões estão soltos, os camponeses presos, e homens, mulheres e crianças foram detidas e humilhadas, e na verdade sofreram uma ação de reintegração de posse sem que houvesse uma ordem judicial para tal covardia.

Que se pergunte para qualquer um dos milhões de brasileiros que lutam por terra. Que se pergunte àqueles que ainda se iludem com a falida reforma agrária “do governo”. O que se acredita, quando o latifundiário retira o gado, é que o mesmo estaria disposto a “negociar com o INCRA”.

É demais! Por ser camponês e lutar pela terra honestamente, os camponeses é que devem ser presos e humilhados? E o pobre latifundiário filho, que rouba o latifundiário pai, este deve estar andando livre, leve e solto, e se bobear ainda vai circular no final de semana nos mesmos lugares do juiz, do delegado e do capitão que prendeu os camponeses.

Basta!

Liberdade imediata para os camponeses presos em Campina Verde!

Abaixo a injustiça e a covardia do Estado Brasileiro contra os pobres!

Terra para quem nela vive e trabalha!

Campina Verde, 16/10/12

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «