Camponeses de Jaíba fecham a BR mais uma vez!

Escrito por Comissão Nacional das Ligas de Camponeses Pobres
Publicado em 08/08/2013
Categoria: Notícias

Camponeses fecham rodovia em Jaíba - MGCamponeses fecham rodovia em Jaíba - MGNo final de julho, os camponeses de Verdelândia já haviam fechado a estrada que liga Montes Claros à Jaíba, Manga, Mocambinho, Matias Cardoso. Durante todo o dia, eles exigiam o fim da ameaça de reintegração de posse contra a Área Vitória, já cortada e loteada há pelo menos dez anos pelos próprios camponeses, e que fazia parte das terras prometidas, pasmem, por Tancredo Neves em 1982.

Logo depois, os camponeses do Projeto Jaíba fecharam por várias horas a estrada que liga Jaíba ao Projeto e à Manga, exigindo o fim da exorbitante conta de água batizada no Mocambinho de “K1”.

Ontem, diversos camponeses de Jaíba fecharam o acesso à cidade, exigindo a presença do INCRA e da Ruralminas, cujas promessas não cumpridas na região ultrapassam o limite da cara de pau e da safadeza. Os camponeses de Jaíba, em torno de 300, queimaram pneus, exibiram faixas, e conquistaram o apoio de toda a cidade. As reivindicações foram passadas aos órgãos estaduais pelos telefones da Prefeitura e da Câmara dos Vereadores.

Ontem, uma vez mais, o INCRA tentou escorregar, alegando impossibilidade de estar na região e chamando os camponeses para uma das reuniões de enrolação em Belo Horizonte, mas foi prontamente repudiado pelos camponeses, que não aceitaram mais uma proposta de enganação.

O protesto continuou no dia de hoje, com o apoio dos camponeses do Vitória, de Verdelândia, que fecharam o desvio utilizado ontem pelos veículos e que passava em frente a área onde os camponeses vivem.

Neste momento, deve estar havendo uma reunião em Jaíba, pois o INCRA cedeu e foi a região.

Convocamos todo o movimento popular a divulgar estas paralisações, que não estão saindo na televisão, e também a repudiar uma vez mais a atitude policialesca do Ouvidor Agrário Nacional Gercino, que por telefone ameaçou os camponeses com pedido de reintegração de posse da estrada, uma vez que os camponeses estariam sendo atendidos com a presença do INCRA.

Se deu mal o Gercino cretino e assassino! Os camponeses não querem ver a cara do Superintendente do INCRA, querem que ele cumpra as promessas e entregue as terras, os créditos e as estradas que os camponeses de Jaíba exigem. Os camponeses querem o fim das reintegrações de posse. Os camponeses querem justiça!

Estamos divulgando os fatos e convocando todos a fazerem o mesmo, denunciando uma vez mais esse Estado brasileiro podre e corrupto, e saudando a continuação das lutas de junho, que pipocam a todo instante por todo o território brasileiro.

Comissão Nacional das Ligas de Camponeses Pobres

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «