Camponeses assassinados em Rio Grande do Norte

Escrito por Resistência Camponesa
Publicado em 23/05/2014
Categoria: Notícias

Dois camponeses foram assassinados no dia 6 de maio, após uma mobilização realizada no município de Apodi - RN em que participaram 500 pessoas. Dois homens em uma moto preta sem placa abordaram dois ativistas do MST, atiram a queima-roupa e fugiram em seguida.

Os camponeses assassinados são Francisco Laci Gurgel Fernandes, de 34 anos, mais conhecido por ‘Chacal’, e Francisco Alcivan Nunes de Paiva, de 46 anos, o ‘Civan’. Ambos viviam há oito meses no acampamento Edivan Pinto, e durante todo este período ajudaram na organização das famílias na área.

Segundo nota da Comissão Pastoral da Terra, CPT, na área em que ocorreram os assassinatos está sendo construído o perímetro irrigado do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS). Famílias de camponeses sofrem constantes ameaças de pistoleiros e capangas armados que se apresentam como “seguranças” da empresa que faz a obra.

Fonte: A Nova Democracia
   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «