Fazendeiro é condenado em Rondônia

Escrito por Resistência Camponesa
Publicado em 31/07/2014
Categoria: Notícias
O fazendeiro Ilário Bodanese, que exerceu a função de secretário regional no Cone Sul na gestão de Ivo Cassol (atualmente é suplente ao Senado de Ivone Cassol (PP), esposa do senador e ex-governador Ivo Cassol), foi condenado a 3 anos e 6 meses de reclusão, acusado de porte ilegal de armas de fogo. 

Ele também terá que pagar 20 dias-multa, no valor de 5/30 do salário mínimo por dia. A sentença foi proferida no dia 21 de julho, pelo juiz de Direito, Adriano Lima Toldo. Ilário, que também foi vereador em Vilhena, foi condenado em ação movida pelo Ministério Público. 

Entretanto, a pena pode ser substituída em prestação pecuniária, correspondente a dez salários mínimos. A pena também consiste na proibição de frequentar determinados lugares, tais como bares, lanchonetes, boates, entre outros onde haja o consumo e venda de bebida alcoólica. Ilário ainda pode recorrer da decisão.

O caso

Segundo a denúncia, no dia 4 de fevereiro de 2012, no Assentamento “Barro Branco”, município de Chupinguaia, Ilário, acompanhado de outras duas pessoas identificadas como Miguel Cordeiro de Souza e Valdomiro Ribas, foram surpreendidos por policiais militares portando seis armas de fogo e várias munições.

Uma das armas com numeração raspada, sem autorização e em desacordo com a determinação legal ou regulamentar, conforme auto de apresentação e apreensão.

Ouvido em juízo, Ilário declarou que na época houve uma invasão em sua propriedade, que somente tinha uma arma de fogo devidamente registrada para sua própria segurança e que esta ficava guardada em seu quarto.

Ao analisar os autos, o magistrado explicou que “a materialidade do crime restou comprovada pelo auto de prisão em flagrante delito, pelo boletim de ocorrência policial, pelo auto de apresentação e apreensão das armas de fogo e munições”, apesar dos mesmos terem negado os fatos.

Fonte: CPT Nacional

http://resistenciacamponesa.com/noticias/414-pistoleiros-sao-presos-com-armas-e-municoes-em-chupinguaia

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «