Companheiro Jader, presente na luta!

Escrito por LCP do Norte de Minas e Bahia
Publicado em 03/09/2015
Categoria: Notícias
companheiro Jader (à esquerda, de óculos)companheiro Jader (à esquerda, de óculos)A Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia comunica o falecimento, em 1 de setembro, do companheiro Jader (na foto, à esquerda, de óculos), em decorrência do agravamento de problemas de saúde que vinha enfrentando desde o início desse ano.

 

O Companheiro Jader foi um dos sobreviventes da histórica Resistência de Cachoeirinha! Tinha 88 anos e lutou até seu último dia em defesa da luta pela terra, em defesa da Liga dos Camponeses Pobres. Atuou na manifestação que celebrou derrota judicial do latifundio na área Vitória em Cachoeirinha, na véspera do assassinato do companheiro Cleomar. Nesta ocasião fez um emocionante discurso sobre aquela luta, levantou a bandeira vermelha e reafirmou o compromisso com a Liga e todos os camponeses pobres do Brasil, de que lutaria até o seu derradeiro dia. Infelizmente esse dia chegou!

Reafirmamos compromisso de continuar sua luta e honrar o seu nome. Companheiro Jader! Presente na luta!

 


 

Mensagem da Comissão Nacional das Ligas de Camponeses Pobres (03/09/2015)

Transmitam aos familiares e amigos do companheiro Jader o nosso sincero e respeitoso pesar pela perda do companheiro. O nosso pesar, representando as Ligas de Camponeses Pobres de todo o Brasil, e também as manifestações de pesar dos companheiros do Marreta, da Liga Operária, da Associação Brasileira dos Advogados do Povo - ABRAPO e do Socorro Popular.

Jader foi, e certamente será reconhecido pelos que virão (quando jogarmos no lixo da história toda essa escumalha de opressores e oportunistas enganadores, protagonistas destes dias que nos envergonham) como um dos grandes do Brasil, dos maiores do nosso campesinato indômito, resistente, que carregou nas costas durante séculos o fardo mais pesado e forjou os melhores homens e mulheres que a nossa terra já produziu.

OBRIGADO, JADER, por ter levantado em suas honradas mãos a bandeira da Liga dos Camponeses Pobres!

OBRIGADO, JADER, por ter nos passado a responsabilidade de fazer justiça aos Posseiros de Cachoeirinha,a todos os seus descendentes!

OBRIGADO, JADER, por ter abençoado a nossa luta! Nós seguiremos em frente, até a vitória final!

Infelizmente, você não viu a reforma agrária pela qual tanto lutou. Infelizmente você não poderá estar no Congresso da LCP Norte de Minas em outubro próximo (que os seus estejam), quando apresentaríamos a proposição que você fosse o Presidente de Honra da LCP Norte de Minas e Bahia! Mas seu exemplo ficará marcado para sempre! Você lutou, conquistou uma parte das terras onde jorrou o sangue dos Posseiros de Cachoeirinha, e tomou a casa do maior assassino desta história, Coronel Georgino, e foi morar nela, para mostrar que os camponeses eram maiores que seus algozes.

Força, companheiros! Transmitam força e coragem para os descendentes de Jader!

Façam o nosso juramento perante todos os seus! Que todos saibam de quem estamos nos despedindo, um grande, que o povo organizado em Estado de Aliança Operário e Camponesa vai sempre reverenciar e elevar às alturas.

Seus e nossos inimigos perecerão e, ou não serão lembrados ou terão seu lugar no lixo da história!

Jader estará brilhando no panteão de honra da Revolução Agrária!

Companheiro Jader: Presente na luta!

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «