NOTA DE REPÚDIO À ESCALADA DA REPRESSÃO E ASSASSINATOS CONTRA TRABALHADORES DO CAMPO

Escrito por IHG-BH/MG
Publicado em 30/03/2016
Categoria: Notícias
O Instituto Helena Greco de Direitos Humanos e Cidadania (IHG-BH/MG) vem a público manifestar o mais veemente repúdio à situação de barbárie instalada em Rondônia pelo latifúndio, representado sobretudo por Carlos Faitaroni e sua Associação de Pecuaristas do Vale do Jamari; pelo governador do Estado, Confúcio Moura/PMDB; e pela Polícia Militar, comandada pelo Cel. Ênedy Dias. O governo Dilma Rousseff é igualmente responsável por manter a política de concentração de terras e de favorecimento incondicional ao agronegócio, a guerra generalizada contra os pobres, a criminalização das lutas dos trabalhadores e do povo.  Seu ouvidor agrário, Gercino da Silva, tornou-se preposto dos latifundiários com sua prática leniente e conivente em relação às barbaridades perpetradas em nome do agronegócio e do capital.  A postura do aparato midiático – que não mede esforços para reforçar o Estado, o latifúndio e o capital – completa o quadro.
 
Sabemos que o massacre de trabalhadores do campo e comunidades indígenas é política de longo prazo em Rondônia e no Brasil – lembremos o massacre de Corumbiara/RO em 1995. A iniquidade da atual escalada de violência atingiu, mais uma vez, patamar absolutamente assombroso.  Senão, vejamos: de janeiro/2015 a fevereiro/2016 foram 50 assassinados no campo em todo o país – 21 deles em Rondônia, além de mais 3 casos de desaparecimentos. De dezembro do ano passado para cá aconteceram 6 assassinatos e 3 desaparecimentos na região do Vale do Jamari, transformada pelo latifúndio e o Estado em verdadeiro campo da morte. De 2007 a 2016 foram assassinados mais de 10 coordenadores e membros da Liga dos Camponeses Pobres na região.
 
Há um conluio sistêmico da pistolagem com o governo, os latifundiários e a Polícia Militar. O terrorismo, a criminalização dos movimentos sociais e a política de extermínio se consolidam como método de governo.   Reiteramos o nosso repúdio a esta situação de barbárie.  Prestamos nossa homenagem às companheiras e companheiros que tombaram na luta contra o latifúndio, bem como àquelas e àqueles que continuam firmes nesta luta.
 
ABAIXO O TERRORISMO DO LATIFÚNDIO, DO ESTADO E DO CAPITAL!
 
PELO FIM DO APARATO REPRESSIVO!
 
ABAIXO O LATIFUNDIDÁRIO/PISTOLEIRO CARLOS FAITARONI
 E A ASSOCIAÇÃO DE PECUARISTAS DO VALE DO JAMARI!
 
ABAIXO O GOVERNADOR CONFÚCIO MOURA E O CEL. ÊNEDY DIAS! 
 
PELO FIM DOS ASSASSINATOS DE TRABALHADORES 
E DA CRIMINALIZAÇÃO DE SUAS LUTAS!
 
TERRA PARA QUEM NELA VIVE E TRABALHA!
 
Belo Horizonte, 22 de fevereiro de 2016
 
INSTITUTO HELENA GRECO DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA (IHG-BH/MG)
 
institutohelenagreco.blogspot.com.br
   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «