CAMPONESES CELEBRAM 7 ANOS DE CORTE POPULAR

Escrito por LCP do Nordeste
Publicado em 04/04/2016
Categoria: Notícias
Com a o aprofundamento da crise política, econômica e moral do gerenciamento oportunista do PT/Pecedobê e cia, Luiz Inácio e Dilma, no mando do velho Estado de latifundiários, banqueiros e transnacionais, aumentaram a criminalização da luta pela terra em todo país. Foram dezenas de lideranças camponesas, indígenas e quilombolas brutalmente assassinadas nestes últimos 13 anos de “governo” do PT.

Em Rondônia, na região Norte do país, os camponeses pobres enfrentam todo tipo de terrorismo dos bandos para-militares dos latifundiários, amplamente apoiados pela PM-RO, sob o comando do Coronel Enedy e do gerente estadual Confúcio Moura (PMDB). Apesar de toda repressão brutal, as massas camponesas tem se levantado com altivez e combatividade contra seus inimigos. Por isso, desde aqui, do Nordeste brasileiro, nós camponeses pobres declaramos todo nosso apoio e solidariedade aos nossos irmãos que lutam pelo sagrado direito a terra em todo Brasil, principalmente no estado de Rondônia.

No município de Lagoa dos Gatos, estado de Pernambuco, praticamente toda população sobrevive da agricultura, existem assentamentos da “reforma agrária” espalhados por grande parte do município, a maioria deles falidos por causa das dividas aos bancos e pela traiçãooportunista de seus dirigentes ligados ao MST/PT.

Enquanto isso, na antiga fazenda de Riachão de Dentro, desde 2009, após muita resistência contra as forças do latifúndio e do velho Estado, os camponeses pobres se uniram e tomaram uma histórica decisão: TOMAR E CORTAR TODAS AS TERRAS DO LATIFÚNDIO!

A partir da realização do Corte Popular, as famílias camponesas, que não tinham terra para viver e trabalhar, conquistaram um lote para produzir. Contudo, mesmo com uma produção agrícola incontestavelmente superior a de muitos assentamentos da “reforma agrária” no município, este ano ainda não recebemos as máquinas e as sementes para preparar a terra e plantar nela, e já estamos no final do período de plantio.

Por esta razão, nos dias 16 e 17 de abril, 2016, iremos celebrar com luta os 7 anos do Corte Popular na área revolucionária José Ricardo (Riachão de Dentro), cobrando da prefeita Verônica (PSB), da Secretaria e do Conselho Municipal de Agricultura, assim como do Instituto PesquisaAgrária estadual, todos nossos direitos de produzir. Cobramos isso, porque temos a honra de abastecer o município de Lagoa dos Gatos e região, com nossas produções, logo não podemos permitir que esta perseguição contra nossa organização diminua o alimento nas mesas de toda população.

Para tanto, convidamos todos apoiadores, democratas, progressistas, revolucionários, estudantes, professores, intelectuais honestos, pequenos comerciantes, profissionais liberais, operários e demais trabalhadores do campo e da cidade que luta por uma Nova Democracia e um Novo Brasil para celebrar conosco esta data tão importante.

VIVA O CORTE POPULAR!

TERRA PARA QUEM VIVE E TRABALHA NELA!

SE O CAMPONÊS NÃO PLANTA A CIDADE NÃO ALMOÇA NEM JANTA!

CONTRA A CRISE: TOMAR TODAS AS TERRAS DO LATIFÚNDIO!

O BRASIL PRECISA DE UMA GRANDE REVOLUÇÃO!

 

LIGA DOS CAMPONESES POBRES – NORDESTE

Lagoa dos Gatos, Pernambuco

30 de março de 2016

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «