Camponeses marcham em Pedras de Maria da Cruz

Escrito por LCP do Norte de Minas e Bahia
Publicado em 16/11/2016
Categoria: Notícias

Dia 22 de Outubro companheiros e companheiras da Área Revolucionária Cleomar Rodrigues fizeram uma marcha em Pedras de Maria da Cruz para marcar o repúdio aos 2 anos do assassinato, a mando dos latifundiários, do dirigente camponês Cleomar Rodrigues. Os familiares do companheiro Cleomar fizeram questão de comparecer e seu pai carregou com grande emoção uma coroa com rosas vermelhas que foi depositada sobre seu túmulo.

A marcha foi marcada pela firmeza e vigor dos companheiros que levaram na frente o banner com a foto do companheiro e uma faixa escrita Cleomar Vive! Morte ao Latifúndio!

Ao som de foguetes em honra e memória do nosso grande companheiro Cleomar, ecoaram as palavras de ordem “É morte, é morte ao latifundiário, e viva o poder camponês e operário!” e “Companheiro Cleomar: Presente na luta”

Por todo o percurso que atravessou a cidade e percorreu algumas ruas até o cemitério a marcha foi acompanhada por uma guarda de honra, composta pela juventude camponesa, que uniformizada portava bandeiras vermelhas da LCP e com vigor respondiam ao decidido comando. Durante o ato, alguns dirigentes da LCP e também do Comitê de Apoio à luta pela terra tomaram a palavra no megafone e marcaram o repúdio aos assassinos e mandantes do covarde assassinato, ao Estado brasileiro por cumplicidade com os crimes dos latifundiários, convocando os moradores ao apoio a retomada e o parcelamento das terras. A população admirada pela contundente manifestação, mais uma vez, demonstrou seu apoio e receptividade aos companheiros, vários já conhecidos seus.

Centenas de panfletos foram distribuídos durante o trajeto, deixando marcado a consigna: “Nem esquecimento, nem perdão: punição para os mandantes e assassinos do companheiro Cleomar”.  

Já no cemitério, os companheiros cantaram o hino “Conquistar a terra!”, “O risco” e “Bela Ciao” e ouviram emocionados os pronunciamentos que juraram vingar o sangue derramado do companheiro Cleomar, aplicando cada vez mais a palavra de ordem da Revolução Agrária e do 8º Congresso da LCP de “Contra a crise: tomar todas as terras do latifúndio!”

   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «