Camponês é assassinado no acampamento Bacuri, em Rio Crespo

Escrito por AND
Publicado em 03/02/2017
Categoria: Notícias

Recebemos gravíssima denúncia de advogados populares engajados na defesa dos camponeses pobres em luta no estado de Rondônia, sobre o assassinato, neste dia 29 de janeiro, do camponês conhecido como Ceará. Ele foi assassinado no Acampamento Bacuri, no município de Rio Crespo (RO).

Segundo os camponeses, a fazenda, que se estabelece em terras da União, foi grilada pelo latifundiário Paulo França, que ainda segundo os camponeses, dias antes tinha invadido o acampamento e ameaçou-os de morte, dizendo que “iria matar uns dez camponeses” para assim remover o acampamento. Antes do assassinato do camponês Ceará, o coordenador da área já havia tido sua casa criminosamente incendiada.

A área de Burareiro, onde se encontra a fazenda e agora o acampamento, é região que deveria ter sido destinada, de acordo com a própria jurisdição, para o Incra visando assentar famílias para a falida e inoperante “reforma agrária”. São terras que deveriam pertencer aos camponeses.

   

Notícias relacionadas « » leia também:

Sem notícias relacionadas para exibir nessa página.


   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «