7 camponeses são baleados durante emboscada contra acampamento do MST

Escrito por andblog.com.br
Publicado em 14/04/2017
Categoria: Notícias
Com informações de mst.org
 
O Acampamento do MST, Alvimar Ribeiro, em Capitão Eneas, no Norte de Minas Gerais, foi atacado por pistoleiros no último domingo, dia 09/04. Cerca de 300 camponeses foram tocaiados por volta de 07:30 da manhã, quando se dirigiam para uma reunião junto a representantes de Leonardo Andrade que se apresenta como proprietário da Fazenda Norte América. Os camponeses foram recebidos com tiros disparados de uma caminhonete Hilux com cerca de 10 homens armados na carroceria.
 
Os integrantes do acampamento denunciam que o latifundiário Leonardo Andrade comandou pessoalmente o ataque, como relata Jéssica Thais Gonçalves Freitas, de 24 anos, que segue internada após ser alvejada por um tiro que atravessou a sua perna: “O administrador da fazenda insistiu por uma reunião e nós acabamos aceitando. Ao chegar à cancela fomos recebidos a bala por cerca de dez jagunços. Eles atiraram sem dó e nem piedade. Tinha crianças, idosos, grávidas. Nós vimos o dono da fazenda no lugar. Pedimos pra não atirar. Abaixamos pra não sermos baleados, foi uma covardia”.
 
Dentre os camponeses feridos estão Fabrício Alvins Lima, baleado na barriga, de 31 anos e Vildomar Oliveira Gomes, também de 31 anos, baleado no pescoço. Outras pessoas foram feridas com tiros de raspão, entre elas uma criança de 10 anos, ferida no rosto. Dois homens, de 31 e 45 anos, que se apresentaram como “funcionários” da fazenda foram presos com um revólver e uma espingarda.
 
   

Notícias relacionadas « » leia também:

Sem notícias relacionadas para exibir nessa página.


   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «