Camponeses de Capela ocupam o INCRA de Alagoas

Trezentas famílias camponesas da Fazenda Pitombeiras, Capela-AL, foram despejadas no dia 15 de janeiro de 2013. A Justiça (4º Vara Agrária – AL) deu a reintegração de posse em favor de uma Usina João de Deus, falida há muito tempo e que não usava a fazenda. Além disso, o suposto proprietário apresentou documentos de apenas 90 dos 345 hectares da fazenda. Existem na justiça diversos processos trabalhistas e de trabalho escravo sobre a usina. Por outro lado, as 300 famílias viviam há oito anos no local, plantando e construindo uma fazenda produtiva em que todos podiam trabalhar e viver harmoniosamente.

No dia 16 de janeiro 150 camponeses ocuparam a sede do INCRA – AL.Não fosse a morosidade do INCRA, dirigido pela política anti-reforma agrária do governo Dilma, que até agora não assentou ninguém, a Fazenda Pitombeiras teria sido vistoriada e desapropriada para Reforma Agrária. Estas são terras públicas que foram griladas pelos usineiros.

Quem tem interesse na terra é o Dep. João Lyra (PSD-AL), o parlamentar federal mais rico do Brasil, que não se cansa de plantar cana com trabalho escravo e em áreas arrendadas, por sobre o sangue e suor dos trabalhadores explorados e expulsos da terra.