Vídeo mostra situação de camponês torturado pela polícia

O camponês Adimar de Souza, conhecido como Roliço, morador antigo de Jacinópolis / RO foi torturado pela polícia. Roliço foi acusado de participação no confronto armado do dia 5 de abril, onde 6 pessoas morreram, entre eles um policial e um agente penitenciário de Ouro Preto D’Oeste. No dia 23 de abril de 2012, Adimar foi preso em Rolim de Moura e em seguida, transferido. Dias depois, ele deu entrada no Pronto Socorro João Paulo II, em Porto Velho, em estado de coma, com marcas de espancamentos, asfixia e outros suplícios.

Adimar teve as suas funções motoras comprometidas, não se comunica nem se alimenta sozinho devido as sequelas das torturas sofridas.

Vídeo gravado pela caravana que visitou Jacinópolis em março de 2013 revela a atual situação de Roliço.

Entenda melhor o caso: