MS: ‘Não iremos recuar um palmo de terra retomada’