Apoiador da luta camponesa é covardemente assassinado

No dia 27 de abril de 2021 em Vila Jirau, na região de Nova Mutum-Paraná, norte de Rondônia, foi assassinado por volta das 9 horas da manhã o comerciante Roberto Pereira da Silva Pandolfi de 34 anos.

Roberto tinha uma pequena loja de materiais de construção e estava carregando um veículo com materiais pra entrega quando o assassino chegou e o executou com vários tiros na frente da esposa.

Roberto deixa esposa e 1 filha e muitos amigos que estão sentindo a enorme perda.

Latifundiários ladrões de terra da União já estavam usando seus porta-vozes há vários dias pra justificar os assassinatos que já cometeram e outros que estão planejando cometer.

Esses assassinos covardes acham que vão conseguir parar a luta pela terra com o terror dos assassinatos, mas estão enganados. Nenhuma forma de terror mata a fome dos necessitados, muito pelo contrário. O terror que estão fazendo vai aumentar a fúria dos camponeses na busca por justiça.

Nos solidarizamos com a família do Roberto. Punição já para os assassinos e seus mandantes!

Leia mais: Em Rondônia, quem são os terroristas?

Leia mais: Governo aplica terrorismo de Estado contra luta camponesa em Rondônia

“Do rio que tudo arrasta, dizem que é violento, mas ninguém chama de violentas as margens que o comprimem”

LCP – Liga dos Camponeses Pobres de Rondônia e Amazônia Ocidental