Tomada da Fazenda Santa Elina em 1995

VIVA A HEROICA RESISTÊNCIA CAMPONESA DE CORUMBIARA!

Clique aqui para ler o panfleto em PDF

No dia 9 de agosto celebramos a heroica resistência camponesa de Corumbiara, ocorrida em 1995, um dos fatos mais importantes da luta pela terra no Brasil. Esta batalha deixou claro que o camponês só pode conquistar a terra com luta organizada, combativa e independente.

A LCP – Liga dos Camponeses
Pobres foi fruto desta heroica resistência e sempre serviu e honrou àquelas
famílias e a todos camponeses pobres. Junto com o CODEVISE (Comitê de Defesa
das Vítimas de Santa Elina) em 2010, após muitas lutas, dirigiu centenas de
famílias que finalmente conquistaram a maior parte da fazenda Santa Elina. O
sonho dos camponeses de 1995 floresceu nas Áreas Revolucionárias Zé Bentão,
Renato Nathan, Maranatã 1 e 2, Alzira Monteiro e Alberico Carvalho.

Hoje, as mais de 600
famílias que lá vivem continuam a resistência contra os órgãos do velho Estado
que perseguem, reprimem e atrapalham o povo de trabalhar, como Sedam e ICM-Bio,
que aplicam multas absurdas e bloqueiam seus cadastros no Idaron. Assim como o
Ministério da Agricultura que empurrou créditos para o plantio de urucum, sem
seguro nem política de preço mínimo, causando prejuízos enormes às famílias.
Sem contar a falta de maquinários e assistência técnica, ambulância e escola
polo na área.

Inúmeros camponeses com
pouca ou nenhuma terra continuam trilhando o mesmo caminho, se organizando em
tomadas como o acampamento Manoel Ribeiro, onde famílias lutam por um pedaço de
terra, desde o final de 2018. Esta tomada é parte da luta histórica por
conquistar o restante das fazendas do antigo complexo Seringal Santa Elina.

Contra a crise o caminho é
tomar todas as terras do latifúndio!
Os latifundiários ladrões de terra só trazem misérias, desgraças,
exploração e nem sequer compram nos comércios das pequenas cidades. Somente com
o crescimento das tomadas de terras pelos camponeses pode haver progresso para
o povo. Corumbiara é um município mantido graças a luta e trabalho dos
camponeses de Vitória da União, Verde Seringal, Adriana, Vanessa, da antiga
fazenda Santa Elina, entre outras áreas.

Os camponeses de Santa
Elina contribuíram decisivamente para demarcar o caminho da Revolução
Agrária
, o único capaz de destruir o latifúndio e iniciar a construção de
uma Nova Democracia e um Brasil novo, unindo com a luta dos operários e demais
trabalhadores do campo e cidade. Mais do que nunca, devemos seguir o caminho
aberto pela heroica resistência de Corumbiara.

Honra e glória aos heróis
de Corumbiara Sérgio Rodrigues Gomes, Vanessa dos Santos Silva, Manoel Ribeiro
(Nelinho), Maria Bonita, Ari Pinheiro dos Santos, Alcindo Correia da Silva,
Ênio Rocha Borges, Ercílio Oliveira Campos, José Marcondes da Silva, Nelci
Ferreira, Odilon Feliciano, Oliveira Inácio Dutra, Jesus Ribeiro de Souza,
Darli Martins Pereira!